Aporte mensal: saiba o que é e por que investir dessa forma é válido

Estratégia que visa aumentar os lucros e patrimônio é simples de ser usada e requer apenas organização e disciplina do investidor.
Anúncios


Aporte mensal
Fonte: Google
Anúncios


Aporte mensal é um termo que comumente é utilizado para se referir a uma contribuição financeira que é destinada periodicamente a um determinado fim. Aliás, quando esse aporte é e feito de forma rigorosa, ele passa a ser indicado para pessoas que tem interesse em gerar renda a partir de dividendos, por exemplo.

Basicamente, essa estratégia consiste em separar uma fração do orçamento e investir em aplicações financeiras mensalmente. Essas aplicações podem ser de tipos diferentes, que podem variar entre títulos públicos e demais fundos de investimento.

O aporte mensal é muito usado pelos investidores cuja ênfase está no investimento de longo prazo e que tem interesse em obter independência financeira por meio das aplicações que faz. Juros compostos aliados a consistência realizam a “mágica” no longo prazo e o investidor pode chegar no futuro com um patrimônio maior.

Anúncios


Empresas que se enquadram nos preceitos do value investing são os alvos de operações de longo prazo. Já que essa medida pode ser utilizada como estratégia de investimento, ela se mostra bastante eficiente se aplicada da maneira certa.

Quer saber mais um pouco sobre como você pode fazer um aporte mensal e dessa forma criar possibilidades de haver um aumento no seu orçamento, além de conhecer estratégias que para realizar aplicações regulares? Então, continue com a leitura desse artigo e confira!

Aporte mensal: afinal do que se trata?

Antes de discorremos sobre formas e estratégias para realizar o aporte mensal vale esclarecer o que, afinal, é isso sobre o que estamos falando. Aporte mensal nada mais é que investir, mensalmente, uma porcentagem do orçamento em alguma aplicação financeira de sua preferência.

Com relação a qual aplicação escolher pode ser aquela que parecer melhor ao investidor, desde fundo investimento até mesmo uma carteira de ações, que passa por títulos privados ou públicos.

Anúncios


Ao fazer o aporte mensal corretamente, o investidor obtém um ganho duplo – além de economizar e possibilitar aumento do patrimônio, é dado celeridade ao juros compostos, que é o grande parceiro quando o assunto é investimento de longo prazo.

Por que devemos realizar um aporte mensal?

Caso você não tenha nesse momento um montante expressivo para investir, pensar em um investimento de longo prazo pode significar algo desanimador.


Afinal, como é possível pegar R$ 5 mil inicial e transformá-lo em 1 R$ milhão, por exemplo? A resposta dessa pergunta está sustentada em três pilares: tempo, rentabilidade e o aporte mensal.

Quando olhamos na prática fica mais simples de entender como essa dinâmica acontece:

Anúncios


  • Quanto mais tempo para investir houver, o resultado será maior em termos de patrimônio no final do investimento;
  • Quanto mais rentabilidade, o retorno do investimento inicial será maior;
  • Quanto mais aporte for feito, mais rapidamente você irá chegar aos objetivos estabelecidos.

Aporte mensal e investimentos: como relacionar os dois

Aporte mensal
Fonte: Google

Abaixo, elencamos algumas dicas que ajudarão você a organizar as finanças pessoais, bem como a fazer um planejamento para que os aportes aconteçam. Considerando a perspectiva de longo prazo, confira:

Defina as metas

Primeiramente é preciso definir quais são as suas metas. É fundamental saber qual é o seu perfil de investidor e saber quais são os ativos que tem interesse em investir.

O recomendável é montar uma carteira de investimentos que seja diversificada, podendo conter ativos diferentes entre si. O percentual de cada uma das modalidades irá depender do grau de aversividade que você tem ao risco.

Anúncios



Planeje os aportes

Após a definição das metas e dos produtos que irão compor a carteira, é momento de observar o orçamento mensal para saber quanto será possível separar para realizar os investimentos.

Teoricamente, quanto mais você investir, o resultado será correspondente. No entanto, sabemos que na prática nem sempre isso é possível, já que boa parte da receita está comprometida com os gastos fixos do mês.

Pague-se em primeiro lugar

Uma das principais dicas para a pessoa que tem interesse em ser consistente na utilização do aporte mensal é o hábito de primeiro se pagar. Isso mesmo! Se pagar significa que o primeiro compromisso do investidor ao receber o pagamento do mês é como você mesmo (suas despesas).

Anúncios


Trate o aporte mensal como algo prioritário e se acostume a passar todo os demais dias do mês com aquele valor que irá sobre em sua conta. Dessa forma, a compulsão por gastar todo o valor que possui e no fim não poupar, será menor.

Conclusão

O aporte mensal é uma forma de “forçar” a pessoa a se programar para conseguir fazer algum investimento e por consequência obter resultados que podem contribuir para aumento da renda ou de patrimônio. Contudo, é preciso antes de começar a utilizar essa estratégia, saber o perfil de investidor que mais combinam com você.

Gostou do artigo? Compartilha com seus amigos, em suas redes sociais e ainda com os seus familiares. Não esqueça de ler outros artigos sobre o assunto aqui no blog relacionados a finanças, investimentos, empréstimos, bancos digitais e cartão de crédito.